Retrofit da resistência torcional do tabuleiro da ponte


RESISTÊNCIA À TORÇÃO

Desde que a moderna ponte pênsil foi inventada no início do século XIX, um dos maiores desafios que os engenheiros têm enfrentado é impedir que essas estruturas flexíveis se movimentem demais sob a ação do vento.

Uma tempestade em 1º de dezembro de 1951 fez com que a Ponte Golden Gate entortasse e vibrasse o bastante para causar alguns danos de pouca importância, então a ponte passou por um processo de modernização de 1953 a 1954. Esse processo de retrofit adicionou novos reforços na parte inferior, ligando as duas treliças de aço que sustentam o tabuleiro da pista de rolamento. Essa mudança aumentou a rigidez torcional da ponte.

Modelos de tabuleiros de ponte (protótipos)


Formato original do tabuleiro da ponte

Este é um modelo em escala de 152 metros de extensão (500 pés) da estrutura original do tabuleiro da Ponte Golden Gate, sem a pista de rolamento na parte superior. As treliças dos lados, junto com a armação no alto que sustenta a pista de rolamento, formam um U invertido.


Formato modernizado do tabuleiro da ponte

Este modelo mostra o tabuleiro da ponte atualmente. A diferença do projeto original, mostrado acima, é a adição do reforço inferior. O corte transversal tem um formato fechado.

 


Trabalho de treliça sob o tabuleiro da ponte

A imagem mostra o novo reforço que é visível no nível inferior.