História do projeto e da construção da ponte: trefilação dos cabos principais

Em meados de 1935, as torres norte e sul estavam prontas para sustentar os dois cabos principais. Cada um dos cabos media pouco mais de 1 metro (3 pés) de diâmetro e pesava 12.000 toneladas. Eram pesados demais para serem transportados por balsas pelo Estreito de Golden Gate e içados até o alto das torres.

Os cabos foram trançados no alto, usando um processo denominado trefilação de cabos, que foi inventado por John A. Roebling em meados do século XIX. A empresa que ele fundou fez cabos para a Ponte Golden Gate.

Para trançar os cabos, os operários esticavam um fio metálico, da espessura de um lápis mais ou menos, da ancoragem de concreto em uma das margens sobre ambas as torres e continuavam até a outra ancoragem. O fio era em seguida preso e enviado de volta. Foram necessárias muitas viagens de ida e volta para torcer os 27.572 fios existentes em cada cabo. Os fios individuais eram agrupados em cordões mais pesados e compactados para formar o cabo terminado. A trefilação dos cabos levou apenas seis meses e nove dias, estabelecendo recordes de velocidade e eficiência.

O peso total do tabuleiro da pista de rolamento que cruza o Gate pôde então ser suspendido pelos dois cabos – por isso é chamada de ponte suspensa ou pênsil.

Mais imagens


No processo conhecido como trefilação, fios metálicos finos eram puxados de um lado ao outro do estreito por roldanas de aço.

Imagem cortesia da Sociedade Histórica de São Francisco - Huggins Collection - CHS.Huggins.012


Uma prensa hidráulica compactava os fios metálicos finos em um grande cabo.

Imagem cortesia do Centro de História de São Francisco, Biblioteca Pública de São Francisco


Operários apertando parafusos para prender uma braçadeira ao cabo principal. Cabos de suspensão de aço foram posteriormente colocados sobre o alto da braçadeira do cabo e estendidos para baixo para sustentar a estrutura do tabuleiro.


Uma peça popular na exposição da ponte é esse corte transversal de tamanho real do cabo principal, que mostra com clareza os 27.572 fios paralelos.