História do projeto e da construção da ponte: uma ponte sobre o Gate - o início

São Francisco desenvolveu-se rapidamente no início do século XX, mas o Estreito de Golden Gate, com cerca de um quilômetro e seiscentos metros de largura, limitava o acesso e o avanço para o norte. O trajeto para o norte rumo ao Condado de Marin e à região mais adiante conhecida como Império das Sequoias exigia uma longa e cansativa viagem de barca.

Em 1923, o apoio popular para construir uma ponte sobre o estreito aumentou por trás do lema “Uma ponte sobre o Gate”. Os defensores da ponte convenceram a legislatura do estado da Califórnia a criar um distrito especial, o Distrito da Rodovia e da Ponte Golden Gate, como uma entidade para financiar, construir e operar essa ponte. Em 1928, o distrito foi incorporado, incluindo os condados de São Francisco, Marin, Sonoma, Del Norte, além de partes de Napa e Mendocino.

A ponte sobre o Estreito de Golden Gate era o grande sonho de Joseph B. Strauss, que superou vários obstáculos para garantir as aprovações oficiais e obter apoio público. Strauss enfrentou forte oposição dos operadores da barca, dos conservadores e até alguma de parte da comunidade de engenharia. Ele reuniu e dirigiu uma notável equipe de engenheiros, arquitetos, geólogos e operários da construção civil para projetar e construir a ponte que estabeleceu o recorde mundial para o vão mais longo (a distância entre as torres) e uniu uma metrópole em desenvolvimento.

Mais imagens


O engenheiro chefe Strauss examina as plantas do projeto com alguns dos principais consultores do projeto

Imagem cortesia do Centro de História de São Francisco, Biblioteca Pública de São Francisco


Em novembro de 1930, apesar das dificuldades que sofriam em virtude da crise econômica conhecida como a Grande Depressão, os eleitores do distrito aprovaram títulos de dívida no valor de 35 milhões de dólares.


O Estreito de Golden Gate, com 2,7 quilômetros (1,7 milhas) de largura, como era antes (mostrado acima) e após a ponte ser construída. O Condado de Marin está à esquerda e São Francisco, à direita.